Avantia, WeSafer e Farah Service entregam modelo de videomonitoramento inteligente para a Ciclovia Franco Montoro, na capital paulista

A Avantia e a WeSafer, unidade digital independente especializada em inteligência artificial, fecham parceria com a Farah Service – concessionária responsável pela zeladoria e administração da Ciclovia Franco Montoro, em São Paulo, para a instalação e operação de uma solução eletrônica e de segurança digital com videomonitoramento inteligente em nuvem.

O projeto de implantação de mais de 100 câmeras digitais é da Avantia e a plataforma digital de softwares e aplicativos atuando de forma integrada são da WeSafer, e contam com analíticos de inteligência artificial para identificar ocorrências e comportamentos suspeitos, além de garantir a operação e manutenção de dispositivos digitais de sonorização, intercomunicadores e automação da iluminação local. Até o fim do ano do 2022, junto com a expansão para a margem oeste do Rio Pinheiros, a ciclovia atingirá 22 km de extensão e o projeto avançará junto.

São Paulo na capital brasileira do ciclista

Com investimento disponibilizado pelas três companhias, o objetivo final é aumentar a sensação de segurança e atuar na prevenção de riscos e incidentes para os mais de 200 mil ciclistas que utilizam o espaço público.

Seguindo as metas estabelecidas à Farah Service – atual gestora e mantenedora da Ciclovia Franco Montoro, a capital paulista segue na adequação de suas principais vias para o trânsito seguro dos passantes. O novo projeto, com câmeras digitais dotadas de inteligência artificial em nuvem, tem como missão a identificação de vários incidentes, como aglomerações, acidentes nas pistas, e, até mesmo, a detecção de porte de arma, que ainda deve entrar em funcionamento nas próximas semanas.

Segundo Maurício Ciaccio, sócio e responsável pela área comercial da Avantia – empresa com mais de 24 anos de expertise em segurança e videomonitoramento, a modernização das ciclovias é de extrema relevância para compor a segurança pública da cidade de São Paulo.

“Em dias de pico, a faixa Rio Pinheiros – que pode ser acessada por sete pontos diferentes – chega a receber mais de 200 mil ciclistas por mês, o que mostra que, quanto mais segurança, melhor para todos”, relata o executivo, que complementa informando quais são os acessos: rua Miguel Yunes, entre as estações Jurubatuba e Autódromo, Estação Jurubatuba, Passarela da estação Vila Olímpia, Estação Santo Amaro, Passarela Parque do Povo, Ponte João Dias e Ponte Cidade Universitária.

Além da instalação de dezenas de câmeras, as empresas parceiras disponibilizarão um videomonitoramento inteligente, já que o acompanhamento será feito pela central geral de operação da Avantia, em sua sede localizada em Recife (PE). “Teremos uma dupla gestão da FARAH Service e AVANTIA das pistas da ciclovia, com capacidade tecnológica para ações imediatas e tomada de decisões preventivas em conjunto com a WeSafer App, um aplicativo para garantir sua segurança em tempo real o tempo todo. É a Farah e a Avantia zelando pela sua segurança.”, revela Michel Farah, CEO da Farah Service.

Para tornar o projeto ainda mais completo e totalmente integrado e digital, a WeSafer disponibilizou aos ciclistas seu aplicativo WeSaferApp – que oferece acesso às câmeras para consulta em tempo real, um botão de emergência para atendimento no uso da ciclovia e um canal de comunicação de incidentes.

Esse tipo de projeto só tem sido necessário, já que as bicicletas vêm tomando conta das ruas e tornando-se, um dos principais meios de transporte em São Paulo. Por isso, discussões sobre os avanços tecnológicos em prol da mobilidade urbana, principalmente nas grandes capitais, é uma questão fundamental já contida nas pautas das atuais gestões públicas, como o caso desse projeto tão estratégico para nossa cidade.

Notícias Relacionadas

Cases

VIVOTEK implanta solução aprimorada de vigilância para uma cervejaria japonesa centenária

Uma conhecida cervejaria japonesa centenária, reverenciada localmente por seu saquê, shochu, vinho de ameixa, cerveja e aromatizantes, opera cinco cervejarias…

Cibersegurança

Cibersegurança e o fator humano: muito além da tecnologia

Por Andréa Thomé e Leylah Macluf Quase todas as empresas médias e grandes já sofreram um ataque cibernético. As que…

Destaque

Aeroportos tendem a ter processos mais inteligentes e focados em oferecer melhores experiencias aos clientes

Com este objetivo, as empresas devem ampliar sua digitalização e adotar soluções de segurança e inteligência cada vez mais integradas…