Aumento de assaltos em condomínios gera preocupação

A segurança dentro dos condomínios é um assunto que tem causado muita preocupação entre moradores e síndicos por todo o país, afinal o número de casos de invasões teve um crescimento notável na última década. A falta de um sistema de segurança eficiente pode ser um agravante, as estratégias usadas pelos assaltantes são diversas e nem todas as medidas de segurança pública são suficientes. Além disso, muitos condomínios não dispõem de sistemas de segurança eficazes, ajudando a subir o número dos casos.

O estado de São Paulo registrou uma média de 12 mil ataques por mês a casas e condomínios, entre 2014 e 2018, segundo dados do Sistema de Informações Criminais (Infocrim). Já no primeiro semestre de 2022, houve um aumento de 11,09% nos casos de furtos e roubos, um total de 2.494 ocorrências.

No último dia 23 de junho, uma casa de um condomínio em Hortolândia (SP) foi assaltada e uma família foi feita refém por 30 minutos até furtar todos os itens e fugir. A vítima, que preferiu não se identificar, acredita que os criminosos entraram no residencial já com a intenção de invadir a casa.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que os ladrões pegaram três televisores, cinco celulares e outros objetos. Ao tentarem passar pela portaria do condomínio, no entanto, o sistema de entrada e saída não liberou a passagem. Nesse momento, outra câmera de segurança flagrou quando um deles lança o carro contra o portão, que abre.

Do mesmo modo, há queixas de condôminos sobre a implementação das portarias virtuais. Um dos relatos, que ganhou destaque na imprensa, foi o caso de uma idosa que passou mal e precisou descer na portaria para ser atendida pois a equipe de socorro foi proibida de subir até o apartamento dela. Uma das principais queixas é a demora na liberação do visitante pelo funcionário da portaria virtual que está à distância. O visitante não pode ficar na clausura (espaço entre a calçada e a portaria) e fica sujeito a assaltos, principalmente à noite. O mesmo problema ocorre com os entregadores de alimentos, que ficam bastante tempo esperando a boa vontade do porteiro virtual até a liberação.

A importância da Segurança Residencial 

Os porteiros são a primeira linha de defesa em um condomínio residencial. Eles controlam o acesso ao local, garantindo que apenas pessoas autorizadas entrem nas dependências. Isso ajuda a prevenir a entrada de indivíduos indesejados, como ladrões, vendedores ambulantes não autorizados ou pessoas com intenções maliciosas. A presença de um porteiro eficiente desencoraja atividades criminosas e protege os moradores, proporcionando-lhes paz de espírito. Os porteiros também são responsáveis por monitorar as atividades no condomínio. Eles observam a movimentação de pessoas, veículos e entregas, relatando qualquer comportamento suspeito ou incomum aos moradores ou à administração do condomínio. Ao estarem atentos, os porteiros contribuem para a prevenção de roubos, vandalismo e outras situações de risco.

Além disso, eles têm a função de controlar e registrar a entrada e saída de visitantes, prestadores de serviços e moradores. Isso garante que apenas pessoas autorizadas tenham acesso ao condomínio, aumentando a segurança e a privacidade dos moradores.

O controle de acesso permite um registro preciso de quem está dentro do condomínio em possíveis emergências ou eventos específicos.

Maikel Jandrei, CEO da Certificados Cursos Online, explica a eficácia do curso de porteiro. 

“Nosso Curso de Porteiro Online foi desenvolvido para iniciantes, sem nenhum conhecimento prévio sobre o assunto, para que a pessoa interessada possa aprender do zero e se tornar um profissional competente, auxiliando na segurança dos condomínios, aprendendo o atendimento pessoal, atendimento ao telefone/interfone, o atendimento aos visitantes e moradores do condomínio, controle das garagens e dependências e demais serviços”, pontua. 

O curso é 100% online e gratuito pela plataforma Certificado Cursos Online, para garantir que todos possam ter acesso ao conhecimento valioso. Já a emissão do certificado é opcional e há uma pequena taxa caso o aluno precise dela para comprovar suas habilidades.

Nós entendemos que um porteiro bem treinado e de confiança está preparado para inibir furtos e roubos, porque conhece toda a rotina dos condomínios, e é por isso que disponibilizamos o curso na nossa plataforma”, conclui Maikel.

É essencial, portanto, investir em tecnologia, treinamentos e melhorias estruturais para garantir a proteção dos moradores. Somente com um esforço conjunto será possível reduzir o número de assaltos e promover a tranquilidade nos condomínios.

E no dia 26 de julho será realizado em São Paulo o evento Condo Expo.SP, com a participação de empresas de segurança especializadas em soluções para condomínios. Se você quiser saber como tornar o seu condomínio mais seguro, participe do evento. A inscrição é gratuita e pode ser feita através do site: https://revistasegurancaeletronica.com.br/condoexpo

Notícias Relacionadas

Destaque

Nova linha de basculantes Rossi

Seu portão basculante é lento e traz um design que não combina com a sua casa ou condomínio? A Indústrias…

Destaque

O Checklist em uma operação de Portaria Remota

A operação de uma portaria remota requer uma série de serviços e recursos para garantir sua eficiência e segurança. A…

Artigos

Em tempos de AIoT, opte por soluções desenvolvidas com segurança

Por Leonardo Saes, gerente de produtos da Dahua Technology O objetivo da AIoT é a integração de tecnologias de Inteligência…