ASSA ABLOY Brasil tem novo diretor comercial

Roberto Almeida é o novo diretor comercial da ASSA ABLOY Brasil, empresa que pertence ao grupo sueco ASSA ABLOY, líder mundial no desenvolvimento e fabricação de soluções em fechaduras voltadas à alta segurança e que, no Brasil, detém as marcas La Fonte, Papaiz, Silvana, Yale, Metalika, Vault e Udinese.

Graduado em administração pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e em administração contábil e financeira pela FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) com MBA pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), Roberto Almeida traz para a companhia uma experiência profissional acumulada em oito anos na Lorenzetti S/A e em mais de seis anos na Roca Brasil. Nesta última, ele ocupou posições de gestão comercial, marketing e produtos.

Entre os novos desafios que tem pela frente, Roberto destaca a implementação de estratégias que têm como objetivo aumentar a pulverização das marcas que estão comercialmente sob sua responsabilidade (Yale, La Fonte, Papaiz, Silvana e Metalika) no mercado nacional e em países da América Latina como Bolívia, Paraguai, Uruguai, Honduras e Argentina, com prospecção de abertura de mercado no Chile e Peru.

Atingir um crescimento orgânico saudável para a companhia em 2018, está entre as principais metas a serem alcançadas pelo novo diretor comercial da ASSA ABLOY Brasil. “A provável retomada do crescimento da economia e do setor da construção, além do portfólio e os lançamentos de produtos já estipulados pela empresa para este ano, nos faz acreditar que atingiremos este resultado”, conclui Roberto Almeida.

Notícias Relacionadas

Artigos

Radares: evolução e aplicação na segurança patrimonial

Por Engº Kleber Reis Eles são destaque nas feiras de segurança no Brasil e no mundo, e não é por…

Artigos

Cybersecurity, redes sociais e higienização

Por Fernando Só e Silva e Felipe Gonçalves Vivemos hoje a 4° Revolução Industrial ou também, defendida por alguns profissionais…

Destaque

Drone com sensores e que se carrega sozinho substitui câmeras de segurança interna

Fabricante recebeu um financiamento de US$ 15 milhões para continuar o desenvolvimento do aparelho A segurança realizada por drones está…