Amazon adquire Blink, startup de câmeras de segurança e campainhas inteligentes conectadas à IoT

A Amazon acaba de adquirir a startup Blink, empresa desenvolvedora de câmeras de segurança para monitoramento residencial interno e externo com conexão Wi-Fi.

A Blink foi lançada em 2014, após uma campanha de financiamento coletivo que arrecadou mais de US$ 1 milhão para seu sistema de monitoramento residencial sem fio. A empresa fabrica produtos compatíveis com a linha inteligente da Amazon, a Echo.

Entre os produtos lançados pela Blink em seus quase dois anos de atuação estão a Immedia, uma câmera que monitora sua casa pela parte de dentro e que em seguida ganhou uma “versão externa”. Este mês a startup anunciou o Video Doorbell, uma campainha para ser colocada na frente de casa e ter maior segurança antes mesmo de se aproximar da entrada.

“Se você possui um dos nossos sistemas, nada muda por enquanto. Continuaremos a operar sob o guarda-chuva da Amazon, vendendo e apoiando os mesmos ótimos produtos que você conhece e ama. Estamos ansiosos para ver o que podemos entregar aos nossos clientes juntos”, declarou a empresa Blink, em um comunicado em seu site.

A estratégia da Amazon com essa nova aquisição é extremamente objetiva e fundamental para o futuro: com a compra da startup, a Amazon consegue o desenvolvimento de ótimos produtos e suas tecnologias, que agora poderão ser implementadas e aprimoradas em novos dispositivos.

“Como um de seus distribuidores, já sabemos que os clientes adoram suas câmeras de segurança doméstica e sistemas de monitoramento. Estamos entusiasmados em receber a equipe e inventar juntos em nome dos clientes”, disse a Amazon em entrevista à CNBC.

A Blink ajudará a Amazon a competir com o Google’s Nest, que começou a oferecer seu próprio sistema de segurança no início deste ano. As câmeras intermitentes gravam um clipe curto cada vez que detectam movimento e enviam o vídeo aos dispositivos móveis do cliente final. As câmeras, que custam cerca de US$ 99, são mais baratas do que as de muitos concorrentes e promete funcionar por até dois anos com um par de pilhas AA.

A aquisição também pode ajudar a Amazon a melhorar o seu novo sistema de entrega em casa Amazon Key, que atualmente ainda não trabalha com um sistema de alarme. Ao conectar-se com o sistema de segurança da Blink, isso permitiria que os drivers desativassem potencialmente um alarme residencial em vez de exigir que um usuário desativasse seu sistema no dia da entrega.

 

Notícias Relacionadas

Destaque

7 vantagens em utilizar RADARES em um projeto de Segurança Perimetral

Ao elaborar um projeto de segurança de uma instalação, a área perimetral é o local que deve receber a principal…

Destaque

Condomínios recorrem a portaria remota para combater a violência

O Brasil está cada vez mais vertical. Nos últimos 35 anos o número de apartamentos no país cresceu 321%, totalizando…

Destaque

Hikvision passa utilizar inteligência artificial e machine learning para aprimorar o autoatendimento de seus clientes

Além do autoatendimento, os clientes também vão contar com suporte de uma equipe especializada em parceria com a Parkseg Academy…