Além da filmagem: soluções possíveis com câmeras de segurança

Por Hilton Kevin de Carvalho, Gerente de Pré-vendas da Hikvision

As câmeras de segurança já fazem parte do dia a dia das pessoas nas mais diversas ocasiões – em casa, nas vias públicas, nos shoppings e nas lojas dos mais variados segmentos. Os dispositivos se tornaram comuns, mas, ao mesmo tempo, a maioria não conhece suas capacidades tecnológicas e outras funcionalidades, que vão muito além de capturar imagens.

A boa notícia é que, com o amadurecimento das aplicações baseadas em inteligência artificial (IA), surge uma série de vantagens e novas opções para o monitoramento, que tendem a se tornar cada vez mais populares como aliadas de empresas e, especialmente, de governos. Afinal, é uma tecnologia com capacidade de aprendizagem, apta a reconhecer padrões e inferir sobre situações variadas e complexas dentro da sociedade.

Por meio de algoritmos que usam imagens para aplicar inteligência, as filmagens podem, hoje, oferecer saídas que otimizam a gestão dos negócios, impulsionam vendas, promovem análises profundas do público e ainda colocam a segurança em outro patamar.

Alguns exemplos são: gestão de filas para monitorar aglomerações ou tempo alto de espera e, assim, unir os gestores sobre a eficiência dos serviços; mapeamento de calor para avaliar os setores que recebem mais visitas e o fluxo de movimentação dentro das lojas; classificação por gênero, idade, humor, quem passa na frente e quem entra no estabelecimento; extração de atributos corporais para segurança (identificação de roupa, máscara, mochila, bicicletas para encontrar características de suspeitos, por exemplo); reconhecimento facial para criar listas de bloqueio de pessoas indesejadas, clientes VIPs, grupo de influencers para abordagem especial, listas de indivíduos não autorizados em determinado departamento etc.

Para o setor público, a tecnologia é grande aliada na área de transportes. Atualmente, é possível fazer uma criteriosa leitura de atributos veiculares para controlar atividades irregulares. Assim, os gestores conseguem detectar a cor do carro, a placa, o modelo, o que o motorista está fazendo, se está usando cinto de segurança, falando ao telefone, com o IPVA atrasado, se avançou o sinal vermelho, entre outras possibilidades.

As câmeras ainda são capazes de gerar autuações em caso de ilegalidades de forma automática, detectando carros parados ou pedestres atravessando rodovias, por exemplo. No mesmo sentido, as opções de câmeras internas podem ser aplicadas em veículos públicos para detectar problemas no asfalto, levantar a necessidade de troca de placas, entre outras funcionalidades.

Diante de todo esse universo, o conteúdo gerado pela tecnologia integrada às câmeras pode ainda ser replicado na sinalização digital, com adaptação para totens ou telas, de acordo com as necessidades dos clientes e os critérios preestabelecidos no projeto. Isso pode ser estratégico para campanhas de marketing ou até mesmo para ações de educação.

É a tecnologia a favor da sociedade, gerando insights importantes para o mundo corporativo, viabilizando novas oportunidades econômicas com o uso de inteligência e contribuindo para a evolução dos serviços públicos. Com planejamento e a parceria certa, as câmeras podem se tornar a chave para o sucesso dos negócios.

Notícias Relacionadas

Destaque

Polícia Federal deve iniciar fiscalização a bancos após 1 ano da publicação da portaria sobre segurança privada

Neste mês, completa um ano desde a publicação da portaria que regulamenta iniciativas para aumentar a segurança da população, empresas…

Destaque

Auvo Lança Auvo Chat na Exposec 2024: Inovação em Comunicação para o Setor de Segurança Eletrônica

A Auvo, plataforma completa de gestão para equipes externas, confirma presença na Exposec 2024 e apresenta uma inovação ao público…

Destaque

Aeroscan e Performancelab na Exposec: onde a segurança e a eficiência se encontram

É com essa mensagem que Aeroscan e Performancelab juntas na Exposec reafirmam a integração de suas plataformas para aumentar o…