7 tendências de vigilância de vídeo para 2018

As novas tendências em videovigilância continuam a mudar a forma como os consumidores, as empresas e as máquinas interagem, ao mesmo tempo que estimulam a próxima revolução no crescimento da indústria de segurança, de acordo com um novo documento da empresa de pesquisa IHS Markit.

Os analistas da IHS Markit foram convidados a fornecer suas previsões para o mercado global de vigilância de vídeo. As principais tendências a serem observadas em 2018 são as seguintes:

1- Inteligência Artificial e Deep Learning
Impulsionados pelo investimento em pesquisa e desenvolvimento de fabricantes, startups e grandes fornecedores de videovigilância, os algoritmos de análise de vídeo de deep learning foram desenvolvidos em produtos totalmente implementáveis, com interfaces amigáveis e soluções focadas em cenários de segurança. Por exemplo, algoritmos de reconhecimento facial de deep learning estão disponíveis em aplicativos com mecanismos de pesquisa projetados para encontrar pessoas desaparecidas a partir de imagens de vídeo.

2- Privacidade e GDPR
Em 2018, haverá um aumento na discussão mais ampla sobre a privacidade e como o setor de videovigilância protege os dados que reúne. Grande parte dessa discussão resultará do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Européia (UE), que se tornará lei em todos os Estados membros da UE (incluindo o Reino Unido), em maio de 2018. O GDPR (em tradução livre, Regulamento Geral de Proteção de Dados) substituirá a versão de cada país da UE na lei de proteção de dados e é suscetível a aumentar a consciência pública sobre os direitos que os cidadãos comuns têm em relação à sua própria proteção de dados pessoais. Com um vasto alcance abrangendo muitas indústrias, o GDPR também possui cobertura específica para dados de vigilância por vídeo.

3- China versus o resto do mundo
É previsto que a China represente quase metade (46%) da receita global de equipamentos de videovigilância profissional em 2018. No entanto, o mercado chinês possui características únicas que diferem de outros mercados regionais. Essencialmente, existem dois mercados para equipamentos de videovigilância: o mercado chinês e o resto do mundo.

4- Tecnologias de detecção de drone
Os drones comerciais estão disponíveis por uma centena de reais e são pilotados por qualquer pessoa, sem treinamento prévio e sem licença. Assim, o problema dos drones no espaço aéreo restrito tornou-se uma preocupação cada vez maior. Dada a grande área física, a tarefa de identificar um drone nas proximidades provou ser algo desafiador. Desenvolvimentos recentes na tecnologia de detecção de drones significam que qualquer pessoa que desejar proteger um perímetro em 2018 terá que levar em consideração a ameaça aérea.

5- Tolerância a falhas de vigilância de vídeo
Em comparação com a indústria de TI, o setor de videovigilância é frequentemente visto como tendo uma abordagem descontraída para muitos aspectos de failover e redundância. No entanto, à medida que os múltiplos usos e o valor percebido dos dados de vigilância de vídeo aumentam, podemos esperar ver maiores demandas de maior redundância e backups de usuários finais.

6- Análise de vídeo forense como um serviço
A análise de vídeo forense está disponível há algum tempo, mas a melhoria na precisão fornecida pela tecnologia de deep learning nos últimos dois anos tem sido fundamental para oferecer um nível de competência confiável o suficiente para auxiliar analistas humanos. Podemos esperar ver uma maior convergência nos repositórios de vídeos pós-gravação, onde várias fontes de vídeo são reunidas e investigadas usando análises de vídeo em profundidade.

7- O programa Xue Liang
O programa Xue Liang visa conectar todas as câmeras de vigilância de vídeo instaladas em distritos, cidades e aldeias chinesas a uma plataforma central de vigilância a um nível nacional e criar um mecanismo abrangente para o compartilhamento de dados de vídeo entre autoridades policiais, serviços de emergência e outras agências do governo. Espera-se que os fornecedores de videovigilância mais tradicionais adicionem hardwares e ofertem soluções em nuvem para os seus clientes para atender aos requisitos de tecnologia deste programa.

Notícias Relacionadas

Destaque

Estado de MG investe R$ 48 milhões em sistemas de segurança patrimonial de todas as escolas da rede

Primeiro lote de repasse dos recursos foi feito neste mês. Este é o maior investimento já realizado pela SEE/MG na…

Destaque

Joinville passa a contar com mais 140 câmeras para monitoramento da cidade

Parceria sem ônus para os cofres públicos foi assinada com o Grupo Khronos O prefeito de Joinville Adriano Silva e…

Destaque

Hikvision firma parceria com a Invenzi para novos produtos de controle de acesso

A Hikvision anuncia parceria com a Invenzi, empresa focada em fabricação de software para o mercado de produtos relacionados a…