Você é gestor, mas conhece a fundo seu negócio?

Por Marcelo Teixeira

O gestor sempre conhece o seu negócio. Parece óbvio, não é? Nem sempre. Para muitas empresas – não apenas na segurança eletrônica – isso não é uma realidade. Duvida? Lembra de quando você procurou por algum serviço em uma empresa especializada e mesmo assim foi atendido por alguém que não conhecia plenamente sua necessidade? Esta é uma situação corriqueira e fica ainda mais grave quando identificamos que este indivíduo é o gestor da empresa.

Isso é coisa de empresas de outro segmento

Recentemente ao demandar um serviço de assistência técnica, me deparei com este cenário. Apesar do bom atendimento (gestor muito relacional), o mesmo não descreveu junto à ordem de serviço corretiva todos os sintomas dos problemas que foram apontados. O resultado foi previsto. Depois de dois dias, com o equipamento em mãos, fui “surpreendido” com o problema não resolvido. Mais dois dias para consertar o que já deveria estar pronto caso a informação fosse corretamente direcionada.

Na minha empresa isso não acontece

É claro que muitas vezes, preocupado com tantas outras atribuições, o gestor delega tarefas aos colaboradores e esquece de seguir – ou até mesmo de definir – os processos para manter a qualidade do serviço esperada pelo cliente.

Em grande parte das empresas de segurança eletrônica o gestor toma a frente em vários departamentos. A área comercial é uma delas. Ao se deparar com problemas, o cliente terá como referência quem vendeu o serviço ou produto e espera que seu problema seja resolvido ou direcionado para alguém que o resolva em menor tempo possível. E aí, nem sempre o dono do negócio conhece a solução para esse empasse. Atrasos sem justificativas plausíveis neste processo demonstram fraqueza no gerenciamento da empresa, afetando de forma negativa a sua imagem.

Esteja perto do seu negócio

Percebe-se aí a importância de entender cada peça da engrenagem que compõe o empreendimento. Ter o controle através de planilhas e softwares é essencial. Mas isso não substitui o acompanhamento de perto das atividades para que o gestor esteja por dentro do seu negócio.

Além disso, para ter uma equipe que execute suas atribuições com qualidade, o gestor precisa ter, antes de tudo, o conhecimento necessário para atuar em todas as áreas da empresa. Se o colaborador sabe mais sobre determinado processo a dica é: aprenda e troque conhecimentos com ele! Desta forma, agregará conteúdo e certamente irá melhorar a dinâmica da empresa.

Esteja aberto a aprender

A troca de experiências e os conhecimentos adquiridos farão com que você perceba muitas oportunidades. Envolva-se em cada um os processos da sua empresa e se surpreenda: os resultados do seu negócio podem melhorar de forma significativa. Isto se reflete em um serviço de melhor qualidade e mais lucratividade no final do mês. É você por dentro do seu negócio!

Marcelo Teixeira é consultor da Inside Sistemas. Formado em economia, já percorreu o caminho completo do relacionamento com clientes de empresas de segurança eletrônica e é por isso que seus textos estão conectados com a teoria e a prática da boa gestão no segmento.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Dermalog anuncia sistema de reconhecimento biométrico para aeroportos e controle de fronteira

A Dermalog acaba de lançar um sistema de reconhecimento biométrico para aplicação em locais como aeroportos e controle de fronteira….

Segurança Eletrônica

Tecvoz lança câmera IP Wi-Fi com tecnologia Plug and Play; assista ao vídeo

A Tecvoz anuncia o lançamento de novo modelo de câmera IP Wi-Fi. O modelo TZO-CI101 conta com áudio bidirecional, tecnologia…

Destaque

Mercado de segurança eletrônica deve crescer 8% no Brasil em 2018

O setor de segurança eletrônica tem expectativas positivas para o mercado brasileiro em 2018. É o que destaca a presidente…