Sesc Av. Paulista: investimento em alta definição

As câmeras estão instaladas ao longo de todo o prédio, tanto nas áreas internas quanto externas e integradas a um circuito interno

Para realizar o monitoramento do fluxo de pessoas, equipamentos e acessórios, além de controlar a segurança de um ambiente, espaços corporativos e públicos, as organizações costumam recorrer a câmeras integradas a um circuito interno de TV (sistema de CFTV). A execução requer um planejamento prévio para o posicionamento mais adequado das câmeras.

Um mapeamento inicial é necessário. Cada m² deve ser estudado com enfoque na análise dos riscos e pontos vulneráveis aos quais um espaço está exposto, além da altura em que as câmeras serão instaladas. O posicionamento delas em áreas externas e internas deve levar em conta a iluminação. Após a análise completa, a escolha das câmeras pode ser realizada, considerando as determinadas características que o local requer.

É o caso da unidade Sesc Avenida Paulista, espaço inaugurado em abril de 2018, que promove a educação, saúde, assistência, cultura e o trabalho social, e abriga salas de espetáculos, oficinas culturais, exposições, práticas físico-esportivas, sete clínicas odontológicas, biblioteca, entre outros. No projeto de monitoramento de imagens da unidade, localizada no coração da capital paulista, constam 167 câmeras da Dahua Technology, sendo 151 câmeras fixas ipc-hdbw2120r; 14 câmeras fixas ipc-hfw2120r-v e 2 câmeras móveis sd50230s-hn, distribuídas ao longo do prédio.

Os modelos ipc-hdbw2120r e ipc-hfw2120r-v são câmeras fixas, com Infrared, que geram uma imagem com 0lux, resolução máxima de 720P, HD, lente varifocal, ângulo de visualização ajustável e visão de H: 99° ~ 37° e V:52° ~ 21°. Já o modelo sd50230s-hn trata-se de uma câmera móvel speed dome, com resolução máxima de 1080p, imagem Full HD, zoom óptico de 30x, ângulo de visão de 67.8° ~ 2.4° e distância focal de 4,5mm ~ 135mm.

“O processo de implantação total do sistema de CFTV foi bastante simples. As câmeras estão em funcionamento desde a inauguração da unidade, em abril de 2018”, comentou José Ricardo Queiroz, diretor Técnico da CCN Automação. A empresa é parceira da Dahua Technology e atuou como integradora no projeto.

Segundo o executivo Fabio Lopes, diretor de Canais da Dahua Technology, a multinacional chinesa é capaz de atender médios e grandes projetos no Brasil que apresentam diferentes desafios. “A Dahua está habituada a trabalhar com grandes companhias das verticais de transporte, smart city, indústria e bancos. Este projeto representa a preocupação da empresa em oferecer soluções customizadas, bem como premiar nossa parceria com a CCN Automação. É um projeto de enorme importância para nós. Agradecemos ao Sesc, instituição tão respeitada e importante para o Brasil”, falou Fabio.

Notícias Relacionadas

Destaque

Vizinhanças apostam em câmeras IP e grupos de WhatsApp para se proteger do crime

Diversas regiões de todo o estado de São Paulo, da capital ao litoral, estão apostando em iniciativas próprias para assegurar…

Destaque

Bombeiros de Los Angeles usam drones em aplicações de segurança pública

A DJI anunciou uma parceria de desenvolvimento de soluções com o Corpo de Bombeiros de Los Angeles (Los Angeles Fire…

Destaque

Governo quer regular o reconhecimento facial para vigilância pública

O governo federal quer propor um projeto de lei para regulamentar a vigilância estatal por meio de tecnologias de reconhecimento…