RealNetworks e Digifort fazem parceria para oferecer reconhecimento facial SAFR em todo o mundo

A RealNetworks anunciou sua parceria com o Digifort para levar o SAFR aos mais de 28.000 clientes distribuídos em mais de 130 países.

Equipes de segurança estão sobrecarregadas com horas de monitoramento que requerem longos períodos de extrema concentração e atenção a detalhes, a fim de identificar atividades não autorizadas ou desconhecidas. Com o SAFR, o time poderá ser alertado, em tempo real, quando pessoas de interesse forem reconhecidas por qualquer câmera ao vivo, independentemente de estarem ou não à vista da equipe de segurança. Isso inclui pessoas registradas, ameaças, preocupações e VIPs, em áreas autorizadas ou não.

“Estamos muito satisfeitos em fazer parceria com o Digifort para acelerar a disponibilidade do SAFR para profissionais de segurança que trabalham para manter cidades, aeroportos, estações de trem, escolas, lojas e espaços de trabalho seguros no Brasil, na América Latina e em todo o mundo”, disse Jose Larrucea, vice-presidente da RealNetworks Latin America. “Nosso background no mercado de inovação nos deu amparo para o incomparável desempenho do SAFR em reconhecimento facial no mundo real, além da sua facilidade de implantação e modelo de negócios flexível”, complementou o executivo da empresa.

“É um privilégio unir forças com uma parceira como a RealNetworks, que não apenas traz capacidade global e experiência tecnológica, mas também fornece representação e suporte local no Brasil e em outros mercados regionais onde a Digifort opera”, comentou Carlos Bonilha, CEO da Digifort.

O SAFR é uma plataforma de reconhecimento facial alimentada por inteligência artificial, projetada para escalar economicamente com alto desempenho e processamento rápido para detectar e combinar milhões de rostos em tempo real. Oferece um serviço vigilante, 24 horas por dia, automatizando alertas e notificações à medida que um evento ocorre, proporcionando percepção imediata e consciência situacional.

A plataforma SAFR é flexível – pode ser usada localmente, em nuvem ou de forma híbrida – e tem capacidade de caracterizar gênero, idade e sentimento. Isso permite que profissionais de segurança não apenas identifiquem pessoas em listas de observação, mas também criem uma maior conscientização sobre padrões demográficos e de tráfego em instalações de varejo, saúde, telecomunicações, educação, governo e outros mercados comerciais.

O Digifort e a RealNetworks estão comprometidas em disponibilizar o SAFR para clientes novos e atuais em todo o mundo em 2019. Os clientes atuais da Digifort podem entrar em contato com seu representante de vendas ou revendedor autorizado para saber como adquirir e instalar o SAFR.

Para mais informações sobre o SAFR e o Digifort, visite SAFR.com e Digifort.com

Notícias Relacionadas

Destaque

Cidades inteligentes: evento no DF mostra uso da tecnologia na segurança pública

Reconhecimento facial nas ruas, mapa online da violência urbana e inteligência artificial para reinserção de presos no mercado de trabalho….

Destaque

Traficantes monitoram polícia através de câmeras

Traficantes do Complexo da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, instalaram um sistema de câmeras de…

Destaque

Metrô usará drone para monitorar trilhos em Salvador

A concessionária CCR Metrô Bahia começou utilizar, desde o ano passado, um drone que sobrevoa os 33 km de malha…