Milestone Systems apresenta recurso push-to-talk no aplicativo Mobile Client

A primeira versão do ano do software de gerenciamento de vídeo (VMS) XProtect da Miles-tone, amplia a usabilidade do Smart Client levando-o para fora da sala de controle, com su-porte para áudio unidirecional e bidirecional no Mobile Client. Isso é muito útil para os agentes de segurança em trânsito, cujas tarefas por vezes exigem que eles estejam distantes do Smart Client no posto de trabalho.

O áudio unidirecional permite que os usuários ouçam o áudio captado pelo microfone conectado à câmera diretamente em seus smartphones utilizando o aplicativo Milestone Mobile. Os usuários também podem aumentar sua conscientização situacional, em casos de ausência de vídeo, por exemplo, em condições de extrema escuridão ou ainda, quando um incidente ocorre fora da área de visualização da câmera.

O áudio bidirecional impulsiona as capacidades de áudio um passo adiante com o Push-to-Talk (PTT), um recurso que permite que os usuários comuniquem através do alto-falante conectado à câmera, diretamente de seus smartphones. Isso possibilita que o pessoal da segurança utilize preventivamente seus sistemas de VMS, para ações em controle de acesso, avisos à multidões e alertas de invasores – todas disponíveis no dispositivo móvel.

Agir mais rapidamente em qualquer lugar, com áudio bidirecional no Web Client

A versão R1 de 2019 do XProtect, também inclui suporte para áudio bidirecional no Web Client. O áudio bidirecional permite que os usuários comuniquem, através do alto-falante conectado à câmera, diretamente do Web Client – em qualquer lugar. Isso transforma o sistema VMS em uma ferramenta interativa e ajuda os usuários a responder rapidamente a certas situações, como solicitações de controle de acesso e prevenção de incidentes, sem precisar estar fisicamente presentes no local ou na sala de controle.

Criptografia baseada em certificado

O XProtect 2019 R1 reforça a imunidade do sistema às ameaças de segurança cibernética, com um avanço, ao criptografar toda a comunicação entre o servidor de gravação e os de-mais servidores e clientes conectados ao sistema. A criptografia baseada em certificado, requer que todos os componentes que se comunicam com o Servidor de Gravação – incluindo soluções de terceiros integradas ao sistema VMS – cumpram um rigoroso processo de certificação, garantindo a resistência do sistema a ameaças de segurança cibernética. Essa concepção de sistema proporciona aos usuários, o melhor desempenho, criptografado de ponta a ponta.

Notícias Relacionadas

Destaque

Cidades inteligentes: evento no DF mostra uso da tecnologia na segurança pública

Reconhecimento facial nas ruas, mapa online da violência urbana e inteligência artificial para reinserção de presos no mercado de trabalho….

Destaque

Traficantes monitoram polícia através de câmeras

Traficantes do Complexo da Serrinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, instalaram um sistema de câmeras de…

Destaque

Metrô usará drone para monitorar trilhos em Salvador

A concessionária CCR Metrô Bahia começou utilizar, desde o ano passado, um drone que sobrevoa os 33 km de malha…