ISC Brasil apresenta soluções de segurança e monitoramento por câmeras baseadas em inteligência artificial

Imagens em alta definição, vigilância de vídeo por meio de inteligência artificial, monitoramento de imagens ao vivo com sensor de movimentações suspeitas, reconhecimento facial e acompanhamento em tempo real de infrações de trânsito. Essas são algumas das soluções mais modernas oferecidas hoje por um dos segmentos que mais cresce no mercado de segurança.

O monitoramento por câmeras é um dos principais aliados no combate a crimes e no controle de espaços públicos e privados, com um potencial para avançar ainda mais no Brasil. Dados da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos (ABESE) mostram que existe demanda por conta da distribuição dos sistemas instalados no País: 53% das câmeras estão concentradas no Sudeste, 22% no Sul, 12% no Centro-Oeste, 9% no Nordeste e somente 4% na região Norte.

Soluções ao alcance de empresas e instituições de diferentes perfis e que estarão em exposição na 13ª edição da ISC Brasil, entre os dias 06 e 08 de março, no Expo Center Norte em São Paulo.

Tecnologias como o videomonitoramento criado especialmente para estradas que consegue identificar veículos na contramão, pessoas descendo do carro ou veículos andando no acostamento. O sistema Axis Q86 analisa esses problemas de forma automática e envia um alerta imediato à central de controle, que pode agilizar o atendimento aos usuários, exibir alertas aos motoristas e reduzir o risco de acidentes. Com imagens de alta qualidade em HDTV, o sistema tem qualidade de imagem mesmo à noite.

Usando a tecnologia de inteligência artificial (AI), a empresa Seagate lançou sua unidade de disco rígido SkyHawk AI (HDD), a primeira criada especificamente para soluções de vigilância de vídeo habilitada para AI. O sistema ajuda a minimizar a perda de quadros e o tempo de inatividade com uma taxa de carga de trabalho três vezes maior do que a de um disco para desktop, para aumentar a capacidade de armazenamento de processamento de imagens e dados.

Já a SVA Tech desenvolveu um hardware e software (SmartVision) de visão computacional, inteligência artificial e deep learning em seu sistema. O SmartVision analisa imagens ao vivo provenientes das câmeras do cliente e identifica potenciais eventos de risco, permitindo que o usuário aja de forma preventiva frente a potenciais perdas e danos.

A AxxonSoft, empresa de desenvolvimento de plataformas abertas de VMS (gerenciamento de vídeo), desenvolveu o Axxon Intellect, sistema de segurança integrada que inclui alarme de incêndio, segurança perimetral, controle de acesso, vídeo monitoramento, controle de áudio e inúmeras soluções verticais baseadas em subsistemas como o Face Intellect que faz o reconhecimento automático de faces, ideal para identificação em ambientes com grande circulação de pessoas.

“O setor de segurança eletrônica é o mais representativo da ISC, que traz os principais lançamentos e novidades, além de fóruns e palestras que capacitam os profissionais e representam fonte de informação”, disse Thiago Pavani, Gerente da ISC Brasil.

A 13ª Feira e Conferência Internacional de Segurança – ISC Brasil será realizada entre os dias 06 e 08 de março no Expo Center Norte, em São Paulo. O credenciamento está aberto pelo http://www.iscbrasil.com.br/Credenciamento. A feira tem organização e promoção da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Dermalog anuncia sistema de reconhecimento biométrico para aeroportos e controle de fronteira

A Dermalog acaba de lançar um sistema de reconhecimento biométrico para aplicação em locais como aeroportos e controle de fronteira….

Segurança Eletrônica

Tecvoz lança câmera IP Wi-Fi com tecnologia Plug and Play; assista ao vídeo

A Tecvoz anuncia o lançamento de novo modelo de câmera IP Wi-Fi. O modelo TZO-CI101 conta com áudio bidirecional, tecnologia…

Destaque

Mercado de segurança eletrônica deve crescer 8% no Brasil em 2018

O setor de segurança eletrônica tem expectativas positivas para o mercado brasileiro em 2018. É o que destaca a presidente…