IndigoVision fará a segurança da prisão 100% monitorada na Costa Rica

O Centro de Atendimento Institucional Calle Real, localizado na Liberia, Costa Rica, tornou-se a primeira prisão do país a ser totalmente monitorada por um sistema de vigilância por vídeo. Um total de 94 câmeras IndigoVision foram instaladas na prisão, incluindo câmeras BX420 4MP Minidome, BX520 4MP PTZ Dome, BX620 4MP Bullet e três NVR-AS 4000 60TB. As câmeras e os NVRs são gerenciados através do software de gerenciamento de segurança da IndigoVision.

“Durante anos, foi necessário implementar um sistema deste tipo para aumentar a segurança da penitenciária que funciona como um controle para prevenir e apontar de forma concreta os casos em que um prisioneiro poderia ser abusado pela equipe do centro penal”, disse José Mario Coronado, diretor da CAI Liberia.

Essa é terceira prisão na Costa Rica que terá vigilância por vídeo, mas a primeira a ser totalmente monitorada. A solução da IndigoVision foi previamente selecionada para o Centro Penitenciário de Zurqui e também será instalada em mais três prisões até o final deste ano. “É tecnologia de ponta, é a tecnologia que precisamos para fazer nosso trabalho bem”, falou Pablo Bertozzi, diretor da Polícia Penitenciária.

“Hoje, a tecnologia fornece ferramentas extremamente úteis e esse avanço também dá muita segurança à nossa polícia, que agora será muito menos exposta”, declarou Cecilia Sánchez, ministro da Justiça e da Paz.

Notícias Relacionadas

Artigos

Você é gestor, mas conhece a fundo seu negócio?

Por Marcelo Teixeira O gestor sempre conhece o seu negócio. Parece óbvio, não é? Nem sempre. Para muitas empresas –…

Cases

Alta tecnologia para segurança dos moradores

Edifício em Florianópolis que contabiliza quase quatro mil acessos por dia aplicou tecnologia de ponta em todo o condomínio. Agora,…

Cases

Residencial mais monitorado que uma cidade

O loteamento fechado Swiss Park instalou um sistema de segurança robusto, com mais de 400 câmeras de vigilância, controle de…