Construção Civil: tecnologia e segurança da planta a entrega

Desenhos comunicam, com símbolos e letras miúdas, elementos importantes da estrutura de concreto. A planta é o documento que orienta a sua montagem e a construção não é somente de paredes e tetos que anunciam o crescimento urbano das grandes cidades, mas também a construção de sonhos pessoais e comerciais sendo realizados.

E por trás dos bastidores, soluções orientam e organizam pessoas e processos aliado a tecnologia e segurança.

Logo no início precisamos construir armazéns, muros com sensoriamento de alarmes, contratar segurança patrimonial, implantar catracas eletrônicas para gerenciar o controle de acesso, isso tudo aliado a crachás ou seguindo uma linha mais moderna, o reconhecimento facial ou controle biométrico.

Ainda para inibir ações ilícitas, como furtos internos, se faz necessário instalar em pontos estratégicos de riscos com alto valor agregado, o Circuito Fechado de TV (CFTV).

Todos os sistemas inteligentes integrados facilitam e controlam parte do projeto a ser executado e são essenciais para minimizar ou mesmo mitigar perdas existentes nas obras.

Em 2013, quando assumi o cargo de gerente de prevenção de risco de dez obras da incorporadora e construtora Cyrela Brasil, a área de suprimentos ainda tinha dificuldades de encontrar uma empresa especialista nessas áreas. Quando contratavam duas ou mais empresas, os processos administrativos aumentavam porque a gestão dessas soluções não eram centralizadas e não se comunicavam inteiramente umas com as outras, já que se tratavam de empresas distintas com perfis e qualidade de níveis diferentes. Ainda, as empresas que ofertavam soluções tecnológicas não possuíam consultores especializados em segurança e prevenção de riscos que pudessem, de forma preliminar, indicar através de uma análise dos processos, os locais com maiores riscos que em um cenário prospectivo, nos dessem indicadores de poucas modificações do projeto implantado, já que obra a todo momento se modifica conforme a sua evolução.

Com os cenários apresentados, os processos se tornavam cada vez maiores já que uma consultoria especializada era uma terceira empresa contratada para orientar e gerenciar a área de tecnologia, segurança eletrônica e patrimonial. Além disso, a empresa de consultoria também elaborava manuais de controles para a segurança, criava regimentos internos para os almoxarifados de materiais, auditava os processos e as áreas de armazenamento, supervisionava e criava estratégia de prevenção de perdas e acidentes no canteiro de obras, estudava e media os riscos estratégicos de imagem e operacional apresentando indicadores em relação a atenuação das perdas, fossem elas cometidas no processo operacional ou por furtos internos.

Quando a obra já apresentava robustez era o momento de instalar segurança e praticidade aos usuários como combate a incêndio, climatização, monitoramentos de alarmes e câmeras de segurança 24 horas por dia e automatizar todas as operações de modo que pudessem em questão de segundos atender usuários em uma única central informatizada.

Os mesmos consultores que iniciaram nas obras escreviam novos procedimentos a nova estrutura, treinava os novos profissionais de segurança patrimonial e permaneciam no local gerenciando todas as operações. Em suma, seria um cenário de um projeto perfeito se tudo isso pudesse ser encontrado em uma só empresa.

Em agosto de 2013 utilizando toda a experiência já vivida nos canteiros de obras, fundei a Forthys Empresarial, uma empresa de consultoria técnica com foco em riscos, prevenção e segurança. Busquei no mercado uma empresa com esse perfil, que pudesse prestar todos os serviços citados mantendo qualidade, apresentando indicadores de melhorias constantes e conhecendo a obra desde a planta. Fiz algumas parcerias com empresas no segmento, apostei e investi na prospecção de novos clientes da construção civil, mas ainda não tínhamos soluções centralizadas, éramos empresas distintas atuando cada um em sua especialidade. Dois anos depois, abandonei o objetivo de apostar no segmento para atender apenas projetos focados em consultoria.

Em 2017 conheci a Pro Manager, uma empresa fundada em meados de 2007 criada com uma premissa básica de oferecer ao mercado nacional, soluções tecnológicas de alta performance, com agilidade, eficiência e qualidade. Uma empresa com foco totalmente voltado na superação das expectativas dos clientes, propiciando comodidade, confiabilidade e economia em todos os processos de facilities de seu empreendimento.

Nós da Forthys Empresarial já tínhamos a expertise e recomendações diversas em relação a trabalhos executados e dessa maneira percebi a oportunidade de retomar o antigo projeto de atender as necessidades da construção civil apresentando todas as soluções de tecnologia, segurança e consultoria e assim a aliança corporativa foi alinhada e nossas soluções de consultoria foram incorporadas pela empresa Pro Manager.

O sócio fundador da Pro Manager, Marcio Farias Pinheiro, que também é engenheiro de automação, tem um olhar inovador, visão de futuro apurada e percebeu que em um mercado tão competitivo, seria essencial a junção das nossas empresas para facilitar e centralizar todas operações necessárias, não somente da construção civil como de qualquer segmento que necessite de um processo enxuto, eficaz e que preze a qualidade.

Estamos entusiasmados com as novas possibilidades. Criar relacionamentos sólidos com clientes é o nosso principal foco, temos uma grande preocupação em acompanhar o desenvolvimento de nossos serviços implantados, queremos investir muito em divulgação, para que o mercado conheça nossa estrutura e perceba que estamos preparados para atender qualquer segmento de qualquer porte e a nossa meta é estar entre as dez melhores empresas mais requisitadas para atender os empreendimentos a nível nacional.

Magna Fernandes CEO Forthys Empresarial.

 

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Dermalog anuncia sistema de reconhecimento biométrico para aeroportos e controle de fronteira

A Dermalog acaba de lançar um sistema de reconhecimento biométrico para aplicação em locais como aeroportos e controle de fronteira….

Segurança Eletrônica

Tecvoz lança câmera IP Wi-Fi com tecnologia Plug and Play; assista ao vídeo

A Tecvoz anuncia o lançamento de novo modelo de câmera IP Wi-Fi. O modelo TZO-CI101 conta com áudio bidirecional, tecnologia…

Destaque

Mercado de segurança eletrônica deve crescer 8% no Brasil em 2018

O setor de segurança eletrônica tem expectativas positivas para o mercado brasileiro em 2018. É o que destaca a presidente…