Condomínio instala portaria remota e obtém redução de 50% nos custos e aumento na segurança

Por Fernanda Ferreira

Há algum tempo o mercado brasileiro vem trabalhando com um nicho que ainda é considerado novidade: o da Portaria Remota. Apesar de ainda contar com um vasto campo a ser explorado, esse segmento tem conquistado cada vez mais espaço no mercado, chegando a registrar um crescimento de 150% por ano, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (ABESE).

E foi através de muita pesquisa que o condomínio Alliance Residence, localizado no estado do Paraná, optou por transformar a sua portaria física em uma remota. “Na região metropolitana de Curitiba a modalidade de portaria virtual é algo novo, que muitos desconhecem. Por isso nós buscamos primeiro nos informar sobre o assunto, conhecer como era o funcionamento em outros condomínios, e recebemos indicações de outros vizinhos, que tinham a tecnologia instalada em seus edifícios. Depois de estudarmos bem, decidimos dar uma chance para o sistema”, contou Joelma Rocha da Silva, síndica do condomínio Alliance Residence.

O primeiro impacto da mudança foi financeiro. A equipe terceirizada foi substituída pela empresa de segurança Vigor Vigilância gerando uma redução de 50% nos gastos totais do condomínio. Já o investimento em equipamentos de segurança para monitorar e controlar o acesso dos moradores, visitantes e prestadores de serviços, aumentou a proteção do condomínio. “Hoje nós temos tudo controlado. Instalamos diversas câmeras, controle de acesso, sensores de presença, alarmes, cerca elétrica, soluções que não tínhamos antes e caso acontecesse alguma coisa, era algo que mesmo tendo o porteiro físico no condomínio, poderia passar despercebido”, explicou a síndica.

A agilidade no atendimento aos visitantes também foi aperfeiçoada. Os mais de 300 moradores do condomínio recebem uma chamada no interfone da central de monitoramento da Vigor Vigilância para avisar que há um visitante na portaria. Caso não seja localizado, a central aciona o morador via celular. Com prestadores de serviço o processo é o mesmo, mas neste caso o morador precisa retirar o produto na portaria, por segurança.

Os moradores acessam o condomínio pelo portão de pedestres e pelo portão veicular através de uma TAG fornecida para cada condômino. Todas as entradas e saídas ficam registradas no sistema da portaria com nome do morador, dia e horário, além dos registros por imagem. A linha utilizada para isso é a Centaur, da CDVI, que atende até um milhão de usuários e mais de duzentas mil portas simultaneamente. O servidor fica aplicado na base de monitoramento e as controladoras instaladas no condomínio Alliance, transmitindo dados diretamente com esse servidor e atualizando a troca de informações, permitindo a operação mesmo que a central esteja off-line.

A importância de instalar produtos de qualidade

O surgimento e crescimento do mercado de portaria remota foi marcado pela aplicação de produtos de menor valor agregado, que já eram utilizados pelos integradores na simples automação dos condomínios e que foram utilizados para serem aplicados nos modelos iniciais de portaria remota. Porém, com o andamento dos contratos, os produtos de menor valor agregado acabam gerando maior custo de manutenção, diluindo assim o lucro e encarecendo a operação; a possibilidade de um equipamento parar de funcionar também é maior, criando clientes insatisfeitos e inúmeras reclamações para a central de monitoramento, sobrecarregando todo o processo e prejudicando o atendimento a outros condomínios.

“Todos os produtos funcionam, em sua grande maioria, por isso são utilizados há tanto tempo. A diferenças é que quando partimos para portarias remotas, há uma necessidade absoluta de funcionamento, de estabilidade e confiança, pois qualquer problema que surgir, não há um porteiro ou funcionário no local para ‘desligar e ligar novamente’ os equipamentos, para apertar um botão qualquer que seja. O cliente final muitas vezes não tem ideia do que está instalado em seu condomínio, ele quer que funcione, sem parar. E é isso que a CDVI oferece: funcionamento pleno, tranquilidade, escalabilidade e inteligência”, falou Silvano Barbosa, pré-vendas e treinador da CDVI.

Notícias Relacionadas

Segurança Eletrônica

Giga apresenta linha de acessórios completa para CFTV

No último ano, a Giga Security iniciou sua entrada no mercado de acessórios de CFTV e para sistemas de segurança…

Destaque

Telcabos fecha parceria com a Motorola Security para distribuição de produtos de CFTV

A Motorola Security, empresa do grupo Motorola que está presente no mercado há mais de 90 anos, fechou uma parceria…

Em Foco

Em Foco com Papo Segurança: Aprendendo sobre segurança eletrônica no Youtube

“Seja bem-vindo ao canal Papo Segurança, a aula de hoje será sobre…”. É com essa frase introdutória que o consultor…