Como um Shopping Center brasileiro está reduzindo ocorrências com reconhecimento facial

Em cerca de um ano, o número de assaltos ocorridos dentro de shopping centers no Estado do Rio de Janeiro praticamente dobrou, é o que revela estudo do Instituto de Segurança Pública (ISP). Entre abril e setembro de 2017, foram registrados 70 casos de roubos no interior dos centros comerciais, enquanto, na mesma época, em 2016, o índice era de 36 casos.

Identificar suspeitos através de câmeras de CFTV seria uma saída eficaz para tratar o problema, porém, há um desafio tecnológico. O reconhecimento facial atua de maneira satisfatória em ambientes controlados e analisando pessoas individualmente, algo quase inalcançável no interior de shopping centers. Devido a isso, as soluções aplicadas não costumam ser robustas o suficiente para lidar com a grande demanda de processamento de dados simultaneamente.

Buscando mudar esse cenário, a Hikvision desenvolveu uma solução para reconhecimento facial em locais com grande circulação de pessoas, possibilitando inúmeras aplicações de uso, desde condomínios residenciais e fábricas até os próprios shopping centers. A estratégia funciona pela associação entre câmeras da Hikvsion e o software iVMS 5200E Professional, plataforma que integra gestão em videomonitoramento, incluindo módulos de vídeo, vigilância, estacionamento e smart wall.

Um recente case de sucesso está sendo implementado no Rio Sul Shopping (RJ) com o objetivo de evitar novas ocorrências de roubos no interior da propriedade e identificar suspeitos e criminosos. O shopping já possuía mais de 1200 câmeras da Hikvision espalhadas pelos seus 3 prédios, então, restava à equipe a tarefa de integrar reconhecimento facial aos equipamentos instalados nas entradas.

O plano de ação era detectar os rostos dos visitantes assim que adentrassem alguma das 24 entradas do Rio Sul e comparar com um banco de dados que o shopping já possuía contendo informações sobre os criminosos atuantes na região.

Segundo Álvaro de Souza, diretor comercial da Hikvision, foi uma missão complexa, porém satisfatória. “No caso do Rio Sul, precisamos recorrer à nossa equipe de Pesquisa e Desenvolvimento localizada na China a fim de personalizar a plataforma para essa necessidade específica, pois nenhum local poderia ficar descoberto quanto à identificação de suspeitos”, explicou.

Versões anteriores da plataforma de gestão foram capazes de realizar reconhecimento facial, mas não suportavam gerenciar alertas, comparações de rostos e visualização ao vivo em mais de uma câmera ao mesmo tempo, o que tornaria a execução inviável. Por fim, foi desenvolvida uma atualização do iVMS 5200E Professional, lançada oficialmente em novembro de 2016, e capaz de processar reconhecimento facial em até 8 câmeras simultaneamente.

“Acreditamos que esse projeto foi um passo importante para o videomonitoramento de multidões num país com tantos eventos e locais sujeitos a aglomerações como o Brasil. À medida em que mais iniciativas adotarem tecnologias de segurança como essa, teremos maiores taxas de resolução de crimes e maior proteção para o público em geral”, finalizou.

Hikvision apresenta case de Shopping no Security Talks SP 2017

A Hikvision estará presente no Security Talks SP 2017 levando os desafios da solução para reconhecimento facial, além dos resultados obtidos ao longo do processo. O evento ocorre dia 26 de outubro, no Hotel Pestana – São Paulo, e conta com 10 especialistas debatendo diversos temas ligados à tecnologia de segurança.

As inscrições dão direito a almoço de networking, além de certificados emitidos para todos os presentes pela Escola Superior de Segurança.

Na tela de inscrição, ao informar o cupom SEGURANCAELETRONICA, receba automaticamente 30% de desconto. Realize sua inscrição clicando aqui.

Notícias Relacionadas

Destaque

CDVI participa de um ciclo de palestras da FMU para alunos de Telecom e TI

No dia 13 de novembro a CDVI participou do ciclo de palestras promovida por professores e coordenadores dos cursos de…

Destaque

Evento Soluções de Segurança terá palestras técnicas e debates; inscrição gratuita

Acontece no dia 29 de novembro (quarta-feira), em São Paulo, o último encontro do ano organizado pela Revista Segurança Eletrônica….