Cinco dicas para seu projeto de CFTV IP

00Algumas características dos sistemas de CFTV IP determinadas vezes são pouco exploradas por profissionais da área que acabam não usando essas ferramentas tecnológicas para encantar seus clientes. Abaixo uma pequena lista de tecnologias que podem ser usadas para tornar seu sistema de monitoramento IP ainda mais eficiente:

Gravação na borda

Uma grande parte de câmeras de CFTV IP permite a instalação de um cartão de memória que pode ser usado para gravar as imagens, inclusive quando houver uma falha na rede, dessa forma, mesmo se um gravador perder acesso à câmera, não haverá perda de gravação, já que a própria câmera vai se encarregar de gravar as imagens que poderão ser encaminhadas para o gravador posteriormente.

Análise de vídeo inteligente

Um gravador stand alone ou um software de monitoramento em um servidor podem fazer análise de vídeo para determinar se houve um evento que precise ser gravado ou emitir um alarme, mas quando a própria câmera faz essa análise, o processamento é distribuído entre as câmeras do circuito interno deixando o gravador trabalhar com mais folga ou dispensando o uso de um servidor somente para processar análises de vídeo.

Entre as análises de vídeo mais comuns encontramos “intrusão de área” e “cruzamento de linha”, mas o uso dessa tecnologia não é restrito apenas à área de segurança, como por exemplo, podemos citar câmeras que fazem contagem de pessoas e mapas de calor que podem ser uma grande ajuda para outras áreas, como o marketing.

Região de Interesse

Imagine uma câmera monitorando um grande ambiente, porém com apenas uma área que realmente interesse ao monitoramento. Pois bem, usando uma câmera IP é possível transmitir essa imagem completa com apenas a região de interesse em alta qualidade, diminuindo assim o consumo de banda e economizando espaço em disco na gravação.

Ajuste de foco automático

Câmeras de CFTV muitas vezes são colocadas em locais de difícil acesso e o ajuste fino do foco depois de instaladas pode ser um problema. Câmeras com ajuste de foco automático não terão essa dificuldade, basta acessá-las remotamente com a ajuda de um navegador de Internet e com o toque de um botão o ajuste é feito de forma automática sem que um técnico precise acessar fisicamente o dispositivo.

Entrada e saída de áudio embutidas

É comum encontrarmos no mercado câmeras com áudio, existem opções com microfone embutido ou com entrada para o uso de um microfone externo. Essas câmeras também possuem saída de áudio e é possível inclusive, dependendo do software utilizado, estabelecer uma comunicação bidirecional de áudio entre um operador na central de monitoramento e um usuário que esteja próximo à câmera.

Conclusão

Esses e outros recursos em câmeras de vigilância IP não são novidades, mas ainda não entraram de vez nos projetos de CFTV IP. Conhecer melhor esses recursos e aplicá-los no dia a dia de seus clientes pode ser um ótimo diferencial competitivo agregando valor ao negócio.

Adriano Oliveira
É pós-graduado (MBIS) em Segurança da Informação, graduado em tecnologia com especialização em redes de computador. Atua há 20 anos na área de tecnologia como instrutor, consultor e suporte e há 16 anos na área de segurança eletrônica. Trabalha atualmente na Hikvision do Brasil e mantém o Canal Hardware Magazine.

Notícias Relacionadas

Destaque

CDVI participa de um ciclo de palestras da FMU para alunos de Telecom e TI

No dia 13 de novembro a CDVI participou do ciclo de palestras promovida por professores e coordenadores dos cursos de…

Destaque

Evento Soluções de Segurança terá palestras técnicas e debates; inscrição gratuita

Acontece no dia 29 de novembro (quarta-feira), em São Paulo, o último encontro do ano organizado pela Revista Segurança Eletrônica….